Plano de marketing do consultório

→ Plano de marketing do consultório odontológico: criando o plano de negócios – parte III


O plano de marketing do consultório tem por objetivo mostrar ao mercado odontológico (concorrentes e pacientes) que você existe.

Dando continuidade à elaboração do plano de negócios para seu consultório, vamos entender a importância de realizar a divulgação do seu nome.

Queria que você respondesse algumas perguntas antes, se possível:

  • O mercado sabe que especialidade(s) você oferece?
  • Como você calcula o preço dos procedimentos odontológicos?
  • Como você escolheu o local de montagem do seu consultório?
  • Como você divulga seu consultório?

O fato é que muitos dentistas ainda utilizam mídias tradicionais para divulgação do consultório, isso quando fazem divulgação. Ainda há o estigma de que boca a boca será fundamental para o sucesso, quando na realidade é o contrário.

boca a boca é muito poderoso, isso não posso negar. Porém, requer muito tempo para surtir um efeito considerável no mercado. Aí entra o plano de marketing do consultório, que atuará como um catalisador, acelerando a disseminação do seu nome no mercado.

O plano de marketing do consultório é composto pelos 4 “Ps”, que consiste exatamente nas perguntas que fiz acima.  Cada “P” desse é fundamental para o sucesso do seu consultório. Vamos discutir um por um.

Entendendo os 4 P´s do plano de marketing do consultório

Produto (serviço) oferecido pelo consultório

No caso da Odontologia, consiste nas especialidades e procedimentos que serão oferecidos ao seu público-alvo e aos seus concorrentes. Isso mesmo que você leu. Você vai entender em poucos minutos.

É importante que seu público saiba que especialidades você oferece no seu consultório, do contrário como irão te procurar? E esse P tem que estar casado com outro que explicarei logo adiante.

Além da divulgação das especialidades oferecidas, é MUITO importante divulgar os BENEFÍCIOS de cada tratamento executado pelo seu consultório.

Preço do seu serviço odontológico

Consiste nos valores que serão cobrados pelos procedimentos odontológicos a sua clientela. É importante levar em consideração alguns aspectos, tais como:

  • Valor médio cobrado no mercado;
  • O interesse que seu público-alvo tem no tratamento;
  • A possibilidade que seu público-alvo compre o serviço;
  • Como ele pagará pelo serviço?

Sem esses fatores, você vai correr o risco enorme de cobrar um preço que pode estar além ou aquém  do que o seu público pode pagar.

Praça

É o local onde seu consultório está instalado. Inúmeros fatores devem ser levados em consideração na hora de escolher o local ou de identificar a influência que o local tem (no caso de um consultório já montado) no desempenho do seu consultório.

Obrigatoriamente a escolha da praça tem que ser compatível com seu público-alvo. Por exemplo, se seu público anda de ônibus, evite locais distantes das paradas ou das ruas principais.

Outro exemplo seria se você atende idosos. Evite a todo custo locais que não possuem elevador. Seria um verdadeiro martírio para eles e um belo tiro no seu pé.

Promoção

Aqui entenda como divulgação do seu consultório. Estes é um dos pontos que a maioria dos dentistas falham ou tem o custo alto e não tem a menor ideia se a ação de divulgação está trazendo resultados.

As mídias tradicionais offline (panfletos, malas diretas, rádio, etc.), além de terem um custo alto, não permitem mensurar os resultados. Mesmo que você pergunte ao paciente como ele te achou, muitas vezes nem ele mesmo lembra ou pode passar a informação errada.

As mídias online, em particular as redes sociais, fornecem métricas nas quais você vai poder mensurar o alcance de suas publicações, o número de cliques no seu site/blog (caso tenha), qual o perfil do público que mais leu as publicações (homens x mulheres, por exemplo), etc.


Entenda que é um erro considerar o capital destinado ao plano de marketing do consultório como um custo, quando na realidade é um investimento, uma vez que, quando bem feito, trará resultados muito maiores, em nível financeiro, do que o dinheiro investido para este fim.

Outros pontos importantes que quero mencionar compreendem a periodicidade do marketing odontológico e tempo de retorno. Especialistas recomendam o tempo mínimo de investimento no marketing odontológico de 6 meses.

Por isso ações de marketing odontológico pontuais, como por exemplo 1 ou 2 meses, não surtem o efeito desejado, passando sob esta ótica, a serem consideradas dinheiro jogado fora, algo que não é bom para nenhuma empresa.

 

Leitura recomendada

 


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus colegas de profissão. Acredite, se todos soubessem lidar com o mercado odontológico, estaríamos numa situação bem melhor. Então faça a sua parte!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço e até a próxima postagem!

Wilson Correia Jr.


Recomendados Para Você:

Leave comment

Qualifique sua Equipe os Lucros no Consultório -TURMA RECIFE (19/10)  Clique AQUI e Saiba Mais
close
open