elaborar um plano de negócios

→ 6 razões para elaborar um plano de negócios para seu consultório HOJE


Há diversos motivos para o profissional de odontologia elaborar um plano de negócios para seu consultório. Já mencionei aqui algumas milhões vezes que a graduação tem uma parcela de culpa considerável neste processo.

O fato é que foi colocado na nossa cabeça que para ter sucesso basta ser competente no que faz. De certa forma, esta afirmação é verídica, porém incompleta, principalmente quando se diz respeito à satisfação financeira na profissão.

Existem outras muitas variáveis no processo de atendimento do consultório que não são levadas em consideração por uma parcela bem considerável dos dentistas que possuem consultório próprio.

Por favor! Não estou dizendo que os dentistas não fazem nada relacionado a empreendedorismo em saúde, pelo contrário. Mas, geralmente, o que fazem surte pouco efeito. Vamos fazer uma analogia com a nossa área clínica.

Vamos supor que um paciente apareça no seu consultório com dor de dente, com um quadro de infecção já instalado. Se você receitar apenas um analgésico, a febre vai ceder, porém retorna depois, porque não houve o tratamento da causa, que era a infecção local/sistêmica.

Ocorre algo parecido com nosso consultório. Quando realizamos determinadas ações pontualmente e isoladamente, percebemos pouco ou nenhum efeito.

Por exemplo, o dentista realiza uma ação de marketing para captar mais pacientes, mas apresenta um atendimento deficiente. Uma coisa vai anular a outra, com grande chance.

Do outro lado, fazer apenas um  mês de campanhas de marketing surtirá pouquíssimo efeito, ainda mais quando os especialistas na área sugerem pelo menos seis meses de ações contínuas.

Diante disso, passarei abaixo 6 motivos para você começar a pensar em elaborar um plano de negócios para seu consultório o mais breve possível. Acredite, vem um verdadeiro tsunami de profissionais. É hora de se fixar no mercado.

6 razões para elaborar um plano de negócios para seu consultório odontológico

O mercado odontológico exigirá isso para a permanência do consultório em médio e longo prazo

Como já mencionei diversas vezes neste blog, o mercado está cada vez mais competitivo e saturado. Quer ter uma ideia? Clique aqui e veja quantos profissionais registrados há no seu estado.

Em um mercado saturado de profissionais que tem pouco ou nenhum preparo nos quesitos de administração e gestão de consultório, não é incomum encontrarmos consultórios tendo como única ou maior parte da renda os convênios odontológicos ou partindo para  a guerra de preços, na qual todos perdem.

Em outras palavras: se você já não entrar no mercado com a cabeça de que o seu consultório é uma empresa e deve ser tratada como tal, dificilmente se fixará no mercado em médio e longo prazo.

O mercado odontológico não terá espaço para amadorismo empresarial

Em um mercado competitivo, a teoria de Charles Darwin prevalecerá: os mais aptos do mercado permanecerão. Aquelas ações de marketing amadoras logo causarão um belo estrago nos consultórios.

Isto já é bem perceptível nos dias atuais. Propagandas amadoras ou errôneas caem rapidamente no julgamento das redes sociais, levando a marca da empresa para o fundo do poço.

Lembre que o paciente hoje está bem mais exigente e, principalmente, MUITO mais esclarecido, ainda mais diante da extrema facilidade de obtenção de informações na internet. Procure fazer as coisas de uma forma profissional.

Estude bastante antes e tire dúvidas com colegas que já apresentam um consultório mais profissional e estável no mercado.

O plano de negócios do seu consultório colocará tudo nos eixos

Na hora de elaborar um plano de negócios para seu consultório, obviamente teremos diversas funções bem como seus responsáveis pela execução.

O que encontramos hoje com uma certa frequência são consultórios formados por gestores que acumulam funções ou apresentam resistência em delegar determinadas tarefas à equipe.

Não preciso nem dizer que isso, em médio prazo, levará o consultório para um poço sem fundo, uma vez que há uma dependência de uma ou duas pessoas para executar as tarefas e resolver os problemas.

Um consultório profissional se manterá no mercado em médio e longo prazo

Este tópico termina sendo um pouco lógico porque um consultório mais preparado para o mercado de atuação passa uma percepção MUITO maior de valor aos pacientes.

Por consequência, a chance de ter pouco lucro é muito pequena, ainda mais em um mercado no qual poucos profissionais abriram os olhos para buscar e aprender sobre conhecimentos administrativos que te farão enxergar o consultório e o mercado de maneira diferente.

Um plano de negócios te dará informações preciosas do consultório e mercado de atuação

Há muitas variáveis que são pesquisadas, discutidas e analisadas na hora de elaborar um plano de negócios para seu consultório. Veja algumas delas abaixo:

  • Estudo do local onde o consultório está (ou será) instalado;
  • Público-alvo
  • Concorrentes diretos e indiretos;
  • Ações de marketing;
  • Análise dos interesses do público;
  • Preços cobrados pelos concorrentes;
  • Análise dos pontos fortes e fracos do consultório;
  • Identificação e estudo dos custos operacionais;
  • Avaliação de situações que podem intervir no rendimento do consultório e que o gestor tem pouco ou nenhum controle (ex.: a crise econômica de 2016).
Elaborar um plano de negócios fará com que o gestor saiba se o consultório é (ou será) viável ou não

Talvez seja uma das principais vantagens de elaborar um plano de negócios. Há situações nas quais a estratégia começou tão errada  que é impossível alcançar aquele resultado profissional, a não ser que haja uma reformulação completa do objetivo do consultório, o que é algo que nem todos os colegas querem.

Por exemplo, montar um consultório com uma mega estrutura cujo custo é alto, havendo a necessidade de cobrar preços “altos”, porém para um público que não possa pagar por ele. Dependendo do caso, nem dá para voltar atrás. É melhor fechar o consultório mesmo.

Do outro lado, o plano de negócios pode mostrar que seu consultório é bem viável, mas precisa de uma reestruturação em alguns pontos para que seu lucro e satisfação dos pacientes aumente cada vez mais.


A situação do mercado odontológico vai chegar a tal ponto que você vai ter que elaborar um plano de negócios para seu consultório de qualquer jeito ou não passará meses no mercado.

Entenda que não digo para você ter um plano de negócios profissional, a não ser, claro, que você contrate um consultor de saúde para este fim.

Mas iniciar a elaboração de fará entender a importância de um consultório profissional e principalmente os benefícios que serão alcançados.

 

Leia mais:


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus colegas de profissão. Acredite, se todos soubessem lidar com o mercado odontológico, estaríamos numa situação bem melhor. Então faça a sua parte!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço e até a próxima postagem!

Wilson Correia Jr.


Recomendados Para Você:

Leave comment

Qualifique sua Equipe os Lucros no Consultório -TURMA RECIFE (19/10)  Clique AQUI e Saiba Mais
close
open