→ A escolha do jaleco: como fazer do jeito CERTO

→ A escolha do jaleco: como fazer do jeito CERTO


A escolha do jaleco (ou bata) é algo que alguns dentistas não dão tanta importância. Esquecem que é a primeira impressão visual que o cliente tem do dentista que prestará o atendimento.

Há diversos tipos e cores de jaleco disponíveis no mercado, porém é importante levantar alguns pontos que podem ser determinantes na divulgação do seu nome.

Cores, tipo de jaleco, identificação, dentre outras coisas que parecem não surtir efeito mas, nos dias atuais, farão a diferença.

Na faculdade, é comum comprarmos jalecos básicos e sem muitos detalhes, até mesmo porque a ideia é outra bem diferente da vida profissional.

O que ocorre é que muitos destes jalecos da graduação terminam por fazer parte da vestimenta profissional, o que não pode ser nada interessante.

Abaixo, algumas dicas importantes na hora da escolha pelo jaleco

Aposente o jaleco da faculdade

Tá, eu sei que é algo de estimação, mas guarde apenas como lembrança. Na maioria das vezes, o jaleco tem apenas seu nome e …só. Alguns ainda colocam o brasão da instituição. Mas lembre que quanto mais “informação” a seu respeito, melhor.

Coloque nele informações importantes

Algumas informações imprescindíveis, ainda mais nos dias atuais:

  • Nome do dentista. Coloque no máximo nome e sobrenome (máximo de 3 palavras). Nada acima disso;
  • Número do CRO: a identificação do CRO passará mais credibilidade ao cliente, ainda mais nos dias de hoje, que há muitos ilegais atendendo;
  • Brasão da instituição de ensino: é importante que o cliente saiba ainda você estudo, utilizando o mesmo argumento acima;
  • Logo da sua clínica: caso possua, coloque sua logomarca, que pode ser colocada no bolso do peito ou no ombro;
  • Figuras: se você atua na área de ortodontia, por exemplo, talvez uma figura no bolso do sua bata reforce sua área de atuação. Por exemplo, figuras infantis caem muito bem na especialidade de odontopediatria;
  • Se atua em determinada especialidade ou tiver alguma titulação acadêmica, divulgue: se com o passar do tempo você pretende focar numa especialidade, comece a passar isso visualmente para seus clientes no seu jaleco.
Jaleco tradicional (branco) ou colorido?

Jalecos coloridos tendem a chamar bem mais atenção, ainda mais se a cor dele for a mesma cor do seu consultório. Todavia, dependendo da sua especialidade, há uma possibilidade considerável de manchamento da vestimenta.

Por exemplo, um ortodontista dificilmente tem um problema desse tipo, porém um periodontista pode ter um manchamento de sangue na sua bata.

Ou pior ainda, um pingo de soda clorada, utilizada constantemente por um endodontista, deixará aquela mancha branca por toda eternidade da bata. Logo, leve isso em consideração.

Jalecos brancos não tem este problemas ou tem de maneira minorada, uma vez que determinados produtos podem ser utilizados na remoção das manchas, como por exemplo água sanitária.

Apesar de não possuir o destaque dos  jalecos coloridos, tem a vantagem da extrema facilidade de limpeza.

Jaleco gola V ou gola padre?

Do ponto de vista estético, a gola V chama bem mais atenção do que a gola padre, ainda mais porque é possível combinar por exemplo com uma gravata (foto abaixo). Porém, a gola padre apresenta melhor proteção, porque o fechamento dela vai até o pescoço.

Utilizando o mesmo argumento acima, a ausência de proteção da gola V deixa suas roupas vulneráveis ao manchamento, sem falar da contaminação que pode ocorrer na realização de um determinado procedimento.

marketing

Opte por jalecos com o punho fechado

jaleco punho aberto

Na graduação, é muito comum compramos jalecos com o punho aberto. Apesar de dar uma sensação de frescor, por ter a passagem de ar através do punho aberto, o punho aberto pode prender nos instrumentos, podendo causar desde a queda dele e posterior danificação à uma contaminação, já que a tendência é que quando se mova o braço, o punho do seu corpo fica exposto.

 

Já o punho fechado permite a proteção do seu corpo constantemente, sendo o mais ideal para uso em consultório. É importante ter cuidado na revelação das radiografias, pois o contato com o revelador pode causar manchamentos complicados de remover.

jalecos

Mantenha SEMPRE o jaleco limpo

É algo MUITO comum o dentista não descartar o jaleco quando o mesmo está manchado. Não serei radical a ponto de pedir para você jogar fora uma vestimenta por causa de uma mancha de 0,1mm.

Mas muitas vezes se faz necessário trocar o jaleco porque aquela mancha compromete seu visual, logo seu marketing pessoal.

Caso você trabalhe com alguma especialidade que haja um risco de manchamento (periodontia, por exemplo), experimente utilizar aventais cirúrgicos descartáveis, pois protegeram seu jaleco de agentes potencialmente manchadores.

Atualização: embora se possa fazer uso do marketing em odontologia no jaleco, é importante lembrar que ele é um EPI (equipamento de proteção individual) e seu objetivo principal é proteger o profissional bem como diminuir o risco de contaminação cruzada. O jaleco é para ser utilizado no ambiente do consultório e só. Nada de ficar desfilando com ele por aí.

Existe um guia definitivo sobre o marketing odontológico que foi realizado pelo Empreenda Dentista. Bastará clicar no link abaixo e começar a atrair mais pacientes para seu consultório.

Marketing odontológico:  tudo que você deve saber – O guia definitivo

Leia também:


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus colegas de profissão. Acredite, se todos soubessem lidar com o mercado odontológico, estaríamos numa situação bem melhor. Então faça a sua parte!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço e até a próxima postagem!

Wilson Correia Jr.


Leave comment