→ Quais são os objetivos do seu consultório odontológico?

→ Quais são os objetivos do seu consultório odontológico?


Muitos dentistas montam seu consultório e literalmente entregam a Deus o andamento da empresa. Sinto dizer mas, para que haja crescimento, serão necessários que o dentista elabore os objetivos do consultório odontológico.

Objetivos têm por definição aquilo que se pretende alcançar quando se realiza uma ação. Iniciaremos a elaboração do nosso planejamento.

É importante ter em mente que agora, você é dono de uma empresa. É como toda empresa (com exceção das instituições filantrópicas) ele deve gerar lucro. E isso de baseia em algumas perguntas:

Quando você quer ganhar por mês?
Aonde você quer chegar, em nível empresarial? Ficar só com seu consultório ou expandir?
Como você se vê daqui a 5 anos? E daqui a 10 anos?

Essas perguntas são interessantes, ainda mais no atual panorama da Odontologia. Deixarei algumas dicas inicias aqui, que serão discutidas mais a fundo no futuro!

Não adianta chegar aqui e jogar 10000000000000 de informações que irão de deixar mais confuso do que orientar. Então, vamos lá:

Tenha objetivos do consultório odontológico bem definidos

Os objetivos do consultório odontológico nos guiam para alcançarmos aquilo que queremos. São resultados que uma instituição ou empresa buscar atingir.

Sem objetivos do consultório odontológico, você nunca irá saber aonde quer chegar, o que te deixará completamente à deriva no mercado.

De maneira bem direta, quando não se tem objetivos do consultório odontológico, qualquer lugar que você chegar estará bom. E isso pode ir de encontro às suas pretensões financeiras, causando frustração na vida profissional.

Leia mais sobre objetivos do consultório odontológico clicando aqui.

Os objetivos do consultório odontológico devem seguir a linha SMART:

S – Específicos (Specific): os objetivos do consultório odontológico devem ser o mais claro e específico possível
M – Mensuráveis (Measurable): os objetivos deverão ser passíveis de mensuração e análise (por exemplo, por valores). Lembre que não há como controlar algo que não pode ser mensurável;
A – Atingíveis ou alcançáveis (Attainable): devem ser objetivos alcançáveis, para que não gerem frustrações em você e na sua equipe. Um obstáculo ou um desafio é uma coisa bem diferente de algo inatingível;
R – Realistas (Realistic): os objetivos têm que ser condizentes com a realidade na qual você está inserido.
T – Temporizáveis (Time-bound): percebe-se o alcance dos resultados mediante os esforços realizados.

objetivos

Para deixar mais claro, darei alguns exemplos:

Objetivos específico: quero apresentar uma carteira de 300 clientes em 01 ano.

Objetivos mensuráveis: obter uma carteira de 300 clientes em 01 ano.

Objetivos atingíveis: quero abrir mais dois consultórios localizados em regiões diferentes em um ano;

Objetivos realistas: quero abrir mais um consultório em 01 ano (aqui deve-se levar em conta seu crescimento e o potencial da sua estratégia para conseguir este objetivo. Talvez seja possível apenas abrir um ou talvez 10).

Objetivo temporal: abrir um número X de consultório em Y meses.

Parece bobagem, mas vamos colocar uma frase que terá todos os objetivos, mas no sentido inverso, levando em conta que você é um dentista que não possua meio milhão para investir no consultório, ou seja, você é a regra:

“Pretendo abrir um consultório na data de 01/01/2016, atingindo uma carteira de 1000 clientes em 15/01/16, podendo assim promover a expansão em mais 10 unidades nos próximos 6 meses subsequentes”

Entendam, o dentista acima pode até conseguir essa façanha da forma que ele descreveu acima mas, acreditem, não é a regra, ainda mais colocando que a maioria esmagadora não tem grandes investimentos iniciais para conseguir tal façanha.

O que é mais comum é o caso acima ser mais um erro de planejamento.

A partir do momento que se trata de objetivos do consultório odontológico que vão de encontro ao SMART, cria-se toda uma frustração que termina contaminando toda sua equipe, tornando o trabalho naquela empresa desestimulante e cansativo.

Afinal, todos estarão correndo atrás de algo que não se pode alcançar.

E, por fim, deixo abaixo um breve diálogo do desenho ”Alice no país das maravilhas” para reflexão:

Alice: Poderia me dizer, por favor, que caminho devo tomar para sair daqui?
Gato: Para onde você quer ir?
Alice: Eu não sei, tanto faz. Quero apenas sair daqui.
Gato: Bem, para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.

 

Leia mais:


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus colegas de profissão. Acredite, se todos soubessem lidar com o mercado odontológico, estaríamos numa situação bem melhor. Então faça a sua parte!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço e até a próxima postagem!

Wilson Correia Jr.


Leave comment