Harmonização Orofacial

→ Vale a pena fazer um curso de Harmonização Orofacial?


→ Vale a pena fazer um curso de Harmonização Orofacial?
5 (100%) 179 votes

O mercado de estética orofacial está realmente em alta. Pesquisas indicam que o Brasil será o maior de mercado na área de Harmonização Orofacial do mundo até 2021. 

Quando paramos para fazer uma análise do mercado odontológico, em geral, os procedimentos estéticos são os mais “prediletos” pelos pacientes. Ao invés de escolher reabilitar um molar ausente, o paciente prefere fazer um clareamento dental. 

Tal justificativa se respalda no fato de que o espaço sem dente não aparece  no sorriso, motivo pelo qual a tentativa e o pagamento por tratamentos para salvar dentes anteriores são mais frequentes, uma vez que aparecem no sorriso e ninguém quer mostrar aquele espaço sem dente.

Podemos seguir este mesmo argumento para a Harmonização Orofacial. São tratamento que envolvem estética: brichectomia, botox, lipo de papada, preenchimento, rinomodelação, etc. E isso termina sendo prioridade para MUITAS pessoas. Afinal de contas, quem não quer ficar mais bonito e mais jovem?

Por isso que a área de Harmonização Orofacial “tem tudo” para ser uma área bastante lucrativa para os dentistas, por tratar de procedimentos que envolvem a estética da face e pela necessidade de repetição em um curtíssimo prazo. Isso sem falar que deu um grande destaque à Odontologia!

Imagine uma mulher que fez um serviço de harmonização orofacial para remoção de rugas. O tratamento a deixou mais bonita e jovem. Contudo, após alguns meses, o efeito do tratamento passa. Ela vai querer repetir porque simplesmente quer ficar mais jovem, concordas?

Só esta vantagem já coloca a Harmonização Orofacial em destaque no que diz respeito à recorrência, diferente de se colocar um implante ou uma restauração dentária que durarão décadas ou a vida toda.

Contudo, como sempre ocorre em qualquer profissão, há um deslocamento gigantesco de profissionais para uma área nova ou que tem uma possibilidade de retorno financeiro alto. Quando paramos para analisar os últimos 15 anos, encontramos isso

  • Meados de 2000: Boom de profissionais fazendo cursos em Ortodontia;
  • Entre 2008 e 2012: Boom de profissionais fazendo cursos em Implantodontia;
  • 2015 até os dias atuais: Boom de profissionais fazendo cursos em Harmonização Orofacial.

Após o êxodo  dos profissionais para Ortodontia e Implantodontia, percebemos que houve uma queda considerável na qualidade destas especialidades tanto no quesito técnico quanto no quesito de honorários. A prova disso é que encontramos aparelhos de graça implantes a R$ 300,00.

Em menos de 1 ano, a partir da data de hoje (17/12/17), encontraremos a mesma coisa em Harmonização OroFacial, já que os dentistas não possuem formação em gestão para conseguir driblar o grande número de profissionais que atuam em uma determinada especialidade.

Outro fator a ser levado em consideração é que não é uma especialidade apenas realizada pelo dentista. Outras profissões, como Medicina e Biomedicina também podem atuar. Profissionais de nível médio, como a esteticista, têm alguma atuação também (com limitações).

Os valores cobrados são bem atrativos ao dentista. Há procedimentos que trazem um lucro bem interessante, como a brichectomia e outros que possuem uma recorrência no mínimo semestral, como é o caso da aplicação de botox.

A área de Harmonização Orofacial é rentável? Sim. Mas não pense que vai ser a panaceia do seu consultório. Com grande chance, vai ocorrer com esta especialidade o que ocorreu com Ortodontia e Implantodontia.

Por isso é fundamental ter um planejamento estratégico do consultório, incluindo atuação nas redes sociais, para se destacar nesta especialidade que, aos poucos, vai ser consumida por uma enorme quantidade de profissionais que irão fazê-la. Deixarei uma pergunta abaixo:

O que você faria para se destacar, no que diz respeito ao marketing odontológico, entre centenas de profissionais que fazem Harmonização Orofacial?

Leia mais:

  1. Qual a especialidade odontológica que dá mais dinheiro?
  2. Como captar clientes: parte I 
  3. Como captar pacientes para o consultório odontológico pelo Facebook – parte I
  4. Marketing para dentistas: Como atrair pacientes pelo google para meu consultório?

Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus colegas de profissão. Acredite, se todos soubessem lidar com o mercado odontológico, estaríamos numa situação bem melhor. Então faça a sua parte!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço e até a próxima postagem!


Recomendados Para Você:

Leave comment

Se você é IMPLANTODONTISTA, temos algo para você!  Clique AQUI e saiba MAIS
close
open