→ Como o dentista pode ficar em evidência?

→ Como o dentista pode ficar em evidência?


Evidência: condição de alguém ou algo que se destaca, que sobressai, atraindo a atenção circundante.

A definição de evidência acima por si só já seria o suficiente para terminar o post por aqui. Claro que vamos discutir alguns aspectos bem importantes, caso você não saiba por onde começar. Vamos começar pela graduação em Odontologia.

Pare para lembrar da sua turma da graduação. Há pessoas mais calmas, outras mais caladas, outras mais falantes e por aí vai.

Quase sempre este tipo de comportamento é levado para  a vida profissional do dentista. Até aí nada demais. Cada um tem seu jeito de ser.

O problema é quando este seu jeito mais calado e introvertido de ser faz com que você não tenha uma convivência com o meio no qual você pode conseguir indicações de clientes e parcerias entre seus colegas dentistas.

Além disso, quem trabalha só com consultório privado tende a se isolar um pouco mais dos demais colegas dentistas.

A interação com os colegas e público em geral faz com que seu nome e fisionomia sejam lembrados quando o assunto odontologia (ou sua especialidade) vier à cabeça dos seus clientes e de seus colegas de profissão.

Um exemplo claro disso são dentistas que partem para a área acadêmica.

Muitas vezes a remuneração é baixa, mas há uma indicação de clientes por parte dos alunos, o que pode terminar sendo bastante lucrativo.

Até interações nas  redes sociais  são importantes para que você ficar em evidência. Caso você não saiba como começar, darei algumas dicas para que você seja lembrado:

Crie um perfil do seu consultório nas redes sociais.

É impressionante como na era da comunicação rápida muitos dentistas ainda não aderiram às redes sociais. O investimento nisso é gratuito, com  a opção paga caso você queira divulgar mais rapidamente.

O facebook é muito utilizada para relacionamento e comunicação tanto com clientes quanto com colegas de profissão. Já o linkedIn é uma rede voltada para contatos profissionais.

Faça parte de grupos de discussão sobre assuntos de odontologia. Debata nas postagens com frequência, independente do estado no qual  grupo pertence.

Uma vez, recebi uma indicação de um dentista que não conhecia pessoalmente, mas participamos de diversas discussões. Um cliente dele estava em Recife e ele pediu um apoio.

Participe de congressos, cursos, palestras ou qualquer tipo de evento que haja um convite

É muito comum nossas entidades oferecerem cursos gratuitos e é um ótima oportunidade de rever colegas de faculdade e conhecer novos.

Pare para pensar: muitas vezes não temos a menor ideia do que nossos colegas de faculdade exercem no consultório nem para quem ele encaminha as especialidades odontológicas que ele não exerce, por exemplo.

Então, nesses reencontros, é possível discutir parcerias entre dentistas e até encaminhamento de clientes.

Isso aqui também vale para festas mais informais, como um aniversário ou uma reunião de amigos. Não adianta!

Numa mesa cheia de dentistas, a chance do assunto ser odontologia, na maior parte do tempo, é de 95%. Logo, é aquela hora de trocar experiências e contatos.

Esteja sempre com seu cartão de visita do consultório em mãos

Você precisa utilizar todos os artifícios para manter uma rede de relacionamento que lembre de você.

Não faz muito sentido participar dos eventos acima se não dispõe de algo material para ser lembrado. Esteja sempre com seus cartões de visita em mãos e não hesite em utilizá-los. Afinal, a ideia é essa.

Ajude seus colegas dentistas. Seja prestativo!

Acredite, todo mundo um dia vai ter alguma dúvida na profissão, independente de qual área (clínica ou gestão). Por exemplo, muitos colegas procuram tirar dúvidas comigo sobre gestão de consultório, já que tenho formação em Gestão empresarial.

Isto ajuda a ter uma imagem prestativa, sem falar que aumenta sua credibilidade e confiança na sua pessoa.

Essas estratégias tendem a trazer mais clientes para você, pelo simples fato de aumentar seu network (rede de contatos). Caso não faça, inicie paulatinamente.

Aos poucos, este hábito vai se tornar parte da sua rotina e você vai perceber que o esforço valerá a pena em todos os sentidos!

 

Leia mais:


Gostou da postagem?  Que bom! =)

Compartilhe com seus colegas de profissão. Acredite, se todos soubessem lidar com o mercado odontológico, estaríamos numa situação bem melhor. Então faça a sua parte!

Caso haja alguma dúvida, não hesite em perguntar abaixo! Mande sua dúvida que farei de tudo para te ajudar!

Grande abraço e até a próxima postagem!

Wilson Correia Jr.


Leave comment